Notícias publicadas em meios de comunicação

“(…) O tempo passará; trará os acontecimentos. As coisas que na véspera nos parecem obscuras, são às vezes no dia seguinte muito claras; por isso acontece num só dia caírem as mais cruéis calúnias.”

(DUMAS, Alexandre. O Conde de Monte Cristo. Pág. 220. Tradução em Domínio Público, conforme Edição da Lello & Irmãos Editores, Porto, Portugal, S/D., revista por Kleber Kohn – Ed. Martin Claret – Volume 02)

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Galo Mineiro e seus negócios

Galão das massas, realizar negócios com a famosa expressão: “contando com o ovo no c* da galinha” é voltar a época do Corinthians do Vicente Matheus. Curuiz! kkkk Depois fica com essa conversa truncada de misturar os benefícios conquistados por alguns times x “bullying com nóis”; “mamãe fiz cocô, me ajuda!” etc.

Montem um setor jurídico e contábil adequado as necessidades do clube, assim, evitando esse lamuriar (vulgo: chororô).

Desta forma:

[Suporte jurídico/contábil]: temos tanto de verba e podemos gastar até aqui.
[Diretoria]: mas precisamos montar o time vencedor.
[Suporte jurídico/contábil]: ok, mas órgãos fiscalizadores podem pedir o bloqueio do patrimônio e verbas vindouras do clube em caso de inadimplência com os compromissos tributários.
[Diretoria]: beleza. Qualquer coisa se der errado, chamo a mídia e começamos a chorar. Deixa conosco.

Feio demais! Corinthians fez isso durante décadas. Foi aprender depois de 2007. O São Paulo foi o pioneiro nos anos 90 com o futebol planejamento.

Tem que aproveitar o momento do time e se arranjar. Boa sorte!

Para entender: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/2013/12/kalil-apela-dilma-para-liberacao-da-verba-de-bernard-presidente-socorro.html

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Gentileza gera gentileza.

Assistam a esse vídeo:

Russos, brasileiros, argentinos, corintianos, judeus ou qualquer outra coisa que você de um título. Independe. A essência do ser humano, do meu ponto de vista, é essa. É um dos motivos de perpetuarmos nossa espécie, mesmo com alguns (diversos) deslizes. A expressão “notícia boa não é notícia” poderia cair em desuso algum momento de nossa história.

p.s: para decepção dos que pensaram que no Brasil não existe isso (ou bem menos):

Nota | Publicado em por | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Mano é ou não é bom técnico?

Mano Menezes é um “quase excelente” técnico de futebol. Preparou os times de futebol do Grêmio, Corinthians, Seleção e Flamengo. Coincidentemente, tiveram excelentes fases após sua saída. Será que é coincidência? Veremos o Corinthians (se ele for para lá) ano que vem e quando ele sair kkkkk

Nota | Publicado em por | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Estudar e viver valem a paciência?

Guardo este artigo nos meus Favoritos. Sempre que o leio, lembro-me do período da minha adolescência até os tempos atuais.

Muitas vezes perguntei para quê serve o aprendizado? Vale a pena? Nunca fui um bom aluno e ainda tenho sérias dúvidas de qual o conceito e se há algum para “bom aluno”. Amadureci no cursinho pré-vestibular (após duas tentativas de graduações anteriores), sem muito saber o que queria, de fato, nesse também não fui um grande aluno, porém alguns bons meses foram sofridos nas bibliotecas da cidade para ingressar na Faculdade de Direito Jacy de Assis na qual, apesar de todas suas (e minhas) dificuldades vincendas e vindouras, me ensinou não só o “estudar” e sim também que:

“O Direito, das coisas mais importantes é a menos importante.” – Prof. Gustavo Velasco Boyadjian

Coadunado a esta frase acima, não conheci de ter amizade com o veterano Dr. Gabriel Massote a.k.a “Salsicha”, contudo, a luta dele acompanhei e torci pela conquista do transplante de medula óssea. Sou portador da doença autoimune Nefropatia por IGA e, por algumas complicações de saúde, vivenciei um tipo de quimioterapia por um período de quase um ano e mais algum tempo de recuperação. Esse (problema) também foi um dos fatores de amadurecer um pouquinho mais. Dar mais valor a vida. O quanto é sofrido acordar com o estômago revirando (e não ser ressaca ehehe..), mas, se você acorda corajoso e a fim de encarar a #treta, vale a pena! Me recuperei e hoje tenho a doença controlada.

Por fim, fico feliz e desejo uma ótima recuperação ao colega. 🙂

p.s: quanto a reportagem ainda bem que peguei uma época melhor. Mas, com certeza há centenas de coisas para melhorar. O caminho é longo, mas #tamojunto (Prof. Madeira)!

http://cynthiasemiramis.org/2010/08/17/lembrancas-vida-universitaria-no-governo-fhc/

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Alguns possíveis exemplos para contrariar o positivismo jurídico exclusivo

Analisando uma das premissas do filósofo jurídico Raz “(…) Nenhuma ordem jurídica pode ser o tipo de ordem que utiliza razões morais, porque, se for, não poderá ter autoridade e, desta forma, não poderá ser uma ordem jurídica.”

Uma boa argumentação contrária a esse pensamento é a reportagem e o exemplo abaixo.

Juiz decide que homem vivo permanecerá morto para sempre

—-

“Essa situação é estranha, muito estranha”, reconheceu o juiz ao anunciar sua decisão. Ele deixou claro que lei é lei, prazo é prazo. Têm de ser obedecidos, não importa o quê. Mas a decisão pode inspirar a comunidade jurídica americana, bem como a parlamentar, a discutir se o bom senso não faz parte da origem das leis, tal como os usos e costumes. E, portanto, deva ser respeitado. Antes que se torne um morto vivo.

—–

Também observando um outro exemplo: à época do regime nazista na Alemanha havia um dispositivo legal que permitia o confisco dos bens dos judeus. Findo a 2ª Guerra Mundial, uma Senhora ingressou judicialmente com um pedido de indenização por essa situação. Se fosse extremamente positivista (a Alemanha pós-2ª Guerra) iria afirmar que estava na Constituição e deveria ser mantida tal decisão de confisco. Porém, anterior à qualquer Constituição, Lei ou Tratado existem valores/princípios que devem ser respeitados. Por fim, o Tribunal Alemão concedeu a indenização.

Mais detalhes do positivismo jurídico exclusivohttp://aquitemfilosofiasim.blogspot.com.br/2012/11/raz-direito-autoridade-e-positivismo.html

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Rap do Nietzsche

http://www.youtube.com/watch?v=u9vjJn8G1QA

Genialidade dentro de genialidade em 4min. 25seg.

“(…)como é possível
que não tenham se cansado
desse estímulo monótono
de um ritmo parado.

empobrecimento musical
fenômeno de massa
via internet
alastrando a desgraça

(…)Nietzsche cantando rap, não se vê todo dia(…)”

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário